segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Dr.João Lúcio

João Lúcio Pousão Pereira foi poeta e advogado, nasceu em Olhão a 4 de Julho 1880 e aí morreu em 1918.
Considerado o expoente maior da poesia olhanense e um dos mais relevantes do Algarve deixou-nos cedo, aos 38 anos de idade, mas a sua aptidão para a poesia fez com que nos deixasse quatro livros. Publicou os primeiros versos no periódico O Olhanense, com doze anos, e depois em diversos jornais regionais. Mas foi em Coimbra, enquanto frequentava a faculdade de Direito, que se revelou um grande poeta.
Dois anos antes do seu falecimento, deixa construída uma casa, nos arredores de Olhão, no Pinhal de Marim, que hoje se mantém como uma casa-museu aberta ao público.

Chalé Dr. João Lúcio ( Ecoteca de Olhão)


Após uma juventude cheia de publicações em jornais, João Lúcio forma-se em Direito na Universidade de Coimbra em 1902. Regressa a Olhão onde viria a desempenhar um papel importante na actividade forense. É, por isso, ainda hoje, considerado um dos mais distintos advogados algarvios .
Magnífico orador, seguidor de ideais monárquicos, foi eleito por unanimidade à Presidência da Câmara Municipal de Olhão, onde desenvolveu um grande trabalho relativamente à educação, saúde e cultura locais.
Morreu em 1918 vítima de uma epidemia, a pneumónica ,que assolou a região.
Após a morte do seu filho varão, João Lúcio idealizou e mandou construir um chalé escondido no pinhal da sua Quinta de Marim, num local rico de lendas seculares sobre encantamentos de mouras. O isolamento espiritual numa Torre de Marfim seria a finalidade do poeta. Assim se fez o chalé em 1916. Um edifício quadrangular, com três pisos, que tem a particularidade de possuir quatro escadarias, cada uma virada para um ponto cardeal e cada uma representando os 4 elementos naturais (Água, Terra, Fogo e Ar) através das representações de um peixe, uma serpente, uma guitarra e um violino.
Infelizmente, também a morte de João Lúcio foi precoce e este não chegou a habitar a sua "torre".

Vista aérea de Olhão ( o mercado com os seus torreões)


Natureza imortal, tu que soubeste dar


Ao meu país do sul a larga fantasia,


Que ensinaste aqui as almas a sonhar


Nessa frescura sã da crença e da alegria:


Que inundaste de azul e mergulhaste em oiro


Esta suave terra heróica dos amores,


Que lançaste sobre ela o canto imorredoiro


Que vibra a sinfonia oriental das cores:


Tu que mostraste aqui mais do que em toda a parte


O intenso poder do teu génio fecundo,


Que fizeste este Céu para inspirar a Arte


E lhe deste por isso o melhor sol do mundo:


Ensina algum pintor a fixar nas telas


Este brilho, esta cor, inéditos, diversos,


E põe a mesma luz que chove das estrelas


Na pena que debuxa estes humildes versos.


João Lúcio

Bibliografia
Descendo (1901) ;O Meu Algarve (1903) ;Na Asa do Sonho (1913) Espalhando Fantasmas (1921)


Pinhal de Marim onde está situado o Chalé Dr. João Lúcio

66 comentários:

Belzebu disse...

É uma pena que alguns dos grandes vultos da nossa poesia, nos tenham deixado prematuramente! João Lúcio, pelo pouco que sei, para além de partilhar com ele o ideal monárquico, era um humanista e um defensor da causa pública!

Aquele abraço infernal!

Savonarola disse...

Caríssima amiga,
Excelente biografia, escolha de ilustrações e de poema. Nota máxima! Não há como Ver o Mar para nos inspirarmos. Como anarca que sou, sempre vivi ao pé do Mar. Pela Liberdade.

«Ó Mar Salgado,
Quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!»

(F. Pessoa, Mensagem, cit. de cor...)

Beijinhossss anarquistas

rendadebilros disse...

Há por lá prémios no meu sítio...ainda sem as 12 palavras...

Belas fotos, belo poema e sempre a tua prosa a ensinar algo de novo.
Beijos.

Sophiamar disse...

Belzebu
Sê bem vindo! Há quanto tempo não te punha as vistas em cima!

Infelizmente temos algumas mortes prematuras no âmbito da poesia. Lembrei-me agora de alguém que dizia poesia como poucos, o nosso grande Mário Viegas.Mas Cesário Verde,Florbela Espanca, Alda Lara e muitos outros partiram muito cedo.

João Lúcio deixou-nos quatro livros muito bons e muitos mais nos teria deixado, assim a vida lho tivesse permitido.


Beijinhossss infernais!

Sophiamar disse...

Savonarola

Este mar que daqui avisto dá-me a sensação de liberdade que faz feliz a minha existência. É o sonho, a magia, a aventura que comandam a minha vida.
A tua passagem por este mar é sempre bem vinda.

Beijinhosssssss

Sophiamar disse...

Rendinha

Já passei pela tua casa onde senti o acolhimento hospitaleiro característico da cidade de Rui de Pina e que tu, em boa hora, escolheste para viver.

Beijinhossssssss

SILÊNCIO CULPADO disse...

Sophiamar
Estamos sempre a aprender. Queres crer que eu, uma algarvia de gema e uma amante da poesia, desconhecia o João Lúcio. Fiquei mais rica com este momento.
Beijinhos, amiga

elvira carvalho disse...

Ora bem a minha cultura geral ficou um bocadinho mais rica. Sim porque eu nunca tinha ouvido falar no Dr. João Lúcio e não fazia ideia nenhuma de quem fosse.
Um abraço, amiga.

O Guardião disse...

Não conhecia João Lúcio, sobre o qual li a pequena biografia aqui e um escrito bem interessante. Talvez por deformação profissional prestei grande atenção à casa fotografada e fiquei maravilhado.
Cumps

Agulheta disse...

Amiga sophia.
desconhecia o autor e poeta,sua obra,pena morrer tão jovem.
No Algarve conheço pouco,mais Lagos mas esta beleza que é sua casa como a foto nos mostra deve ser algo! nem te digo,lindo como os signos representados,como sou do fogo...deve ser guitarra,pois gosto deste instrumento.
Beijinho Lisa

amigona avó e a neta princesa disse...

Pois eu fiquei a aconhecer tão distinto poeta! Obrigada amiga pela partilha...

Meg disse...

Isabel, cá está um nome de que nunca ouvi falar... talvez por ser uma pseudo-algarvia ou algarvia por afinidade.
Mas fiquei curiosa e vai para o departamento de pesquisas a efectuar.

"E morrem jovens aqueles que Deus mais ama..." não é assim o ditado?

Da "Torre de Marfim", assim de repente não gosto, já não digo o mesmo das tuas fotografias. Olhão nem parece a Olhão que conheci, mas há muitos anos que não vou lá.

Um abraço

Mar Arável disse...

bela recolha

boa memória

um trabalho por fazer

a nivel nacional

porque sem memórias

não há amanhãs

gaivota disse...

não conhecia este poeta, mas adorei ler a biografia e de ver o seu chalet, lindo bem como o local onde está edificado
quem nasce e vive junto ao mar tem sempre uma sensibilidade diferente e outro jeito de ver as coisas...
beijinhos querida amiga

Sophiamar disse...

Silêncio Culpado

Algarvia de gema? De onde amiga?
Pois este poeta é muito conhecido aqui no Algarve embora tenha morrido cedo.

Beijinhosssssss

Sophiamar disse...

Elvira

A poesia ocupou desde sempre um lugar muito importante na minha vida.Os meus pais gostavam muito de poesia, de música, de leitura... e os serões eram passados a ler.A televisão não tinha para as crianças o papel que tem hoje. Mas João Lúcio não é assim tão, tão conhecido. Ficaste agora a conhecer.

Beijinhosssss amiga

Sophiamar disse...

Guardião

A poesia ocupou desde sempre um lugar muito importante na minha vida e compro, sempre que posso, tudo quanto vai saindo. No entanto, João Lúcio não é muito conhecido.


Beijinhosssss

Sophiamar disse...

Lisa, Amiga

Em breve te darei conhecimento de outros poetas e escritores algarvios.

Beijinhossssss

jo ra tone disse...

Sophia
É bom saber algo sobre este poeta, que não conhecia
Belo escrito que nos deixou.
Já agora penso positivamente que corresponderam ao seu pedido!

Parabéns, e boa continuação de novidades

Beijinho

Vb disse...

Venho deixar somente um beijinho de boa noite.
Isto tem estado um bocado complicado de tempo!!!
Em breve vou-te mandar um mail com uma foto...

Beijinho!

Ana disse...

Obrigada pela divulgação de um poeta que me era desconhecido.
Uma figura diferente daquelas que nos vais mostrando, mas uma personalidade a que as tuas palavras dão vida.
Contigo aprendo sempre.
Um beijinho, amiga.

bettips disse...

Tens a liberdade de criar os teus textos de gente boa.
De assinalar datas de coração.
O conhecimento do que nos trazes é inestimável.
Sempre agradada, de pontos tão longínquos se tocarem ...
Bjs

amigona avó e a neta princesa disse...

E, mais uma vez,consegues ganhar!!! Pensava eu que, hoje, te ia apanhar ainda dormindo!!! Beijocas e tem um bomdia!

Carminda Pinho disse...

Isabel,
vivendo e aprendendo, como diz o ditado. Desconhecia totalmente este poeta/advogado.
Acho o edifício (Ecoteca de Olhão) muito bonito.

Beijos

LuzdeLua disse...

Que bom passar por aqui e poder aprender mais um pouco. E quanta coisa linda. Passando, deixo-te um beijo e bons desejos pra semana.
Bjs

Papoila disse...

Olá!
Belíssimo este artigo com um maravilhoso poema de um poeta que me apresentaste.
As fotos são um encanto.
No campo esperam-te 12 palavras.
Beijos

Filoxera disse...

Hoje, deste-nos uma lição a todos.
Beeijos.

eremita disse...

Amiga, as 12 palavras já lá estão. As indicações seguirão dentro de....dias.
Fraterno abraço

TINTA PERMANENTE disse...

Não sabia! Há uns dias, curioso, li sobre José Agostinho de Macedo, também um filho dessa terra uma vez chamada Olhão da Restauração...
Mas aprendi. Gostei do poema. Gostei das fotografias. Gostei!


Abraços!

Mocho-Real disse...

Com aquela franqueza meio-bruta que me caractreiza, digo-te que gosto mais do poema do que do chalet, mas cada qual tem o seu gosto, naturalmente.

Homenageaste uma figura algarvia, fizeste bem, que Portugal não é só Lisboa.

Um abraço e,se vires algum amigo por ai, dá-lhe outro abraço também, pode ser?
Jorge G

Vieira Calado disse...

Olá, amiga!
Boa lembradura teres trazido aqui esse grande poeta algarvio do passado.
Fiquei a saber um pouco mais do que já sabia.
Por um destes dias vou enviar-te, com todo o gosto, o livro.
Quanto ao que me pedes, devo dizer-te que por estes dias estou a colocar o livro para promoção.
Terá de ficar para mais tarde.

Beijinhos muitos do Zé

De Amor e de Terra disse...

Olá minha linda, boa noite!
Gostei muito do que escreveste, como sempre, mas para lém disso, gostei de conhecer o Dr.João Lúcio.
Se estiver na tua vontade, será para mim um prazer ler por cá mais poemas deste ilustre; já que gostei muito do "aperitivo", espero o resto da refeição!
Beijos linda.
Maria Mamede

Mocho Falante disse...

Não conhecia, mas pelo que percebi e pelo que pesquisei foi um Homem com H grande

beijocas

disse...

Bonita homenagem, Isabel. Não conhecia o Dr. João Lúcio. Pelo que nos dás a conhecer, um grande homem do nosso Algarve cuja vida infelizmente foi ceifada pela tristemente célebre pneumónica, sobre a qual ainda podemos ouvir,das pessoas mais idosas, relatos verdadeiramente arrepiantes.
Beijinhossss!

Blue Velvet disse...

Amiga, passa lá pelo meu cantinho.
Tens coisinhas para ti.
Beijinhos e veludinhos

Luis Eme disse...

O Algarve, só com um éle, muito te fica a dever, com estas lições de história local e de etnografia que nos vais deixando por aqui...

A próxima vez que passar por Olhão, vou à procura desta casa...

abraço Sophiamar

augustoM disse...

O Algarve sempre foi terra de grandes poetas.
Um beijo. Augusto

Roderick disse...

É sempre bom um pouco mais de saber.
Não faz mal nem engorda.
Obrigado

Sophiamar disse...

Jo Ra Tone

A tua passagem por aqui é sempre um prazer. Novos escritos irei deixando.

Obrigada!

Beijinhosssss

Sophiamar disse...

Amigona, Querida

Outros poetas irei divulgando. E outras personalidades deste Algarve que tanto amo.

Beijinhosssssss

Sophiamar disse...

Meg

João Lúcio é um poeta pouco conhecido. Infelizmente. Outros irei divulgando. Quanto à casa, também não gosto muito. Enfim, foi o gosto de João Lúcio! Ao tempo!

Beijinhosssss

Sophiamar disse...

Mar Arável

Vai passando por aqui. Irei recordando algarvios que alguma coisa fizeram pela cultura.

Beijinhossssss

Sophiamar disse...

Gaivota

Este palacete ao tempo devia ser do mais belo que existia.
Quanto ao poeta, infelizmente, tem sido pouco divulgado.
O nosso mar tem mil encantos e desenvolve-nos uma sensibilidade especial.

Beijinhossssss

Sophiamar disse...

Vítor

Já me apercebi de que o trabalho é intenso. Não desistas! Continua a labutar. Melhores dias virão.

Beijinhossssss

Sophiamar disse...

Ana, Querida

A tua passagem por aqui e as tuas palavras são-me essenciais. Sabes quanto te estimo.

Beijinhosssssss

Sophiamar disse...

Bettips

Obrigada, amiga! A tua passagem pelo meu blogue traz o aroma das tuas flores. Olha, cheira-me a camélias.

Beijinhosssss

Sophiamar disse...

Amigona Querida!

Ao acordar, a amigona vou beijar. Antes das seis estou a pé.

Beijinhossssssssssssss

Sophiamar disse...

Carminda, Querida

O poeta irei divulgando aos poucos. O edifício é muito bonito, dizem. Eu gosto mais de outros.

Beijinhosssssssss

Jose Gonçalves disse...

Não conheci o Dr. João Lúcio mas as obras que deixou permaturamente dizem dele o melhor possível.
Por outro lado, a descrição que fazes e que nos habituas-te a fazer é mais que suficiente e elucidativa para o ficarmos a conhecer.
Mil beijinhos
José Gonçalves

Sophiamar disse...

Luz de Lua

Vai passando. Irei divulgando poetas, pintores, escritores, actores....

Beijinhosssss

Sophiamar disse...

Papoila

A tua passagem por aqui é sempre bem vinda. Quanto às doze palavras, já lá fui e achei-as, como sempre, uma maravilha.
Bem hajas!

Obrigada.

Beijinhosssss

Sophiamar disse...

Filoxera

Beijinhossss mil, doce amiga.

Sophiamar disse...

Eremita

Já lá fui, amigo. Deliciei-me com a tua história e as palavras.

Bem hajas!

Beijinhosssss

Sophiamar disse...

Tinta Permanente

Olhão, Vila da Restauração( Cidade) é mãe de gente ilustre. O Algarve tem outra faceta que não é a das praias nem do turismo.
Vai passando.
Obrigada.

Beijinhosssss

Sophiamar disse...

Mocho-Real

Eu gosto da franqueza.Também sou por ela.
Quanto à casa e poema, tenho exactamente a mesma opinião. Creio que anda por aqui um amigo teu. Fica descansado que lhe darei abraço teu.
Vai aparecendo e, se vires por aí o teu amigo, diz-lhe que vá passando.
Beijinhosssss

Sophiamar disse...

Vieira Calado

Lembrar os poetas da nossa terra é um dever que se impõe.Há-os bons e, infelizmente, esquecidos.
Aguardo o teu livro. Estou aqui para o que precisares. Acho que está em curso o movimento para mais um almoço. Vamos a ele!

Beijinhosssss

Sophiamar disse...

Minha Querida Maria Mamede

A tua presença aqui é sempre bem vinda . Em breve, deixarei outra dose de João Lúcio.

Beijinhossssss

Sophiamar disse...

Mocho Falante

Foi um homem com H grande. Bem grande!
Vai passando.

Beijinhosssss

Sophiamar disse...



Sê bem vindo, amigo serrano! Não conhecias João Lúcio? Pois ficaste a conhecê-lo e eu muito satisfeita por tê-lo feito.
Lembro-me de ouvir falar da pneumónica e da mortandade que provocou.

Beijinhossssss

Sophiamar disse...

Blue Velvet

Amiga, já passei. Em breve trarei os selos para o meu blogue.
Obrigada!
Beijinhossssss

Sophiamar disse...

Luís Eme

O Algarve( sempre só com um éle) é uma região que tem muito mais que praia. Esta casa fica num pinhal, à beira da Ria Formosa.
Vale a pena visitá-la.

Beijinhosssss

Sophiamar disse...

Augustom

A tua passagem é sempre bem vinda. Tens razão, o Algarve tem muitos poetas. Irei trazê-los aqui.

Beijinhosssssss

Sophiamar disse...

Roderick
Vai passando. Serás bem vindo.
Sempre!

Beijinhosssss

Sophiamar disse...

Zé Gonçalves

Ficaste a conhecer um poeta que até dos algarvios é pouco conhecido.
Há mais. Pouco a pouco irei deixando aqui os seus poemas.
Vai passando por esta casa que de ti muito gosta.
Deixo-te mil beijinhossssss e um abraço apertado.

Aspásia disse...

OUTRO GRANDE VULTO DA POESIA ALGARVIA QUE PRECOCEMENTE NOS DEIXOU E DE QUE GOSTEI DE TER CONHECIDO ALGUMA COISA, GRAÇAS A TI, INCANSÁVEL ISABELITA!

Sophiamar disse...

Aspásia, Amiga Querida

Em breve postarei um novo poema de João Lúcio. Há gente grande nesta terra de mouras encantadas e de príncipes de grandes paixões.

Vai passando, minha querida amiga.

Beijinhossssss