terça-feira, 14 de junho de 2011

Ilhas de Santa Maria




Ilha da Barreta ou Deserta ( Cabo de Santa Maria. o ponto mais ao sul de Portugal, e refúgios dos pescadores)




Culatra...Santa Maria...
Tavira...Armona...Barreta...
Cinco dedos na paleta
de água, lodo e sal, a ria.
Cinco meninas de areia,
mãos dadas debaixo de água,
corpos ao sol a boiar,
ancoradas na ideia
de não poderem sem mágoa,
ser só da ria ou do mar.
Cinco versos da cantata
da lua ou do sol romântico.
Cinco farpas de oiro ou prata
num touro azul, o Atlântico.
Cinco lenços acenando
(à noite faróis sorrindo)
a quem do mar vem chegando
ou para o mar vai partindo.

...........................

Leonel Neves ( Faro)

14 comentários:

JPD disse...

Belíssima edição, Isamar.

A algumas dessas ilhas não cheguie a ir.
Estudei até ao sexto ano em Faro.
Conheço um pouco da Ria Formosa.

Mas tudo isso foi há tanto tempo...

(Quero reiterar que não levantei qualquer barreira `edição de comentários no Guizo, tão pouco no http://overdemaistenro.blogspot.comHouve pessoas que também apresentaram a mesma queixa. Não sei explicar.

Se tiveres dificulkdade, manda comentário por mai
l. Editá-lo-ei)

Bjs, Isamar

Isamar disse...

Caro amigo

Desconheço o email mas terei todo o gosto em enviar comentário se me der conhecimento do seu email.

Bem-haja!

Obrigada

Beijinho

Vieira Calado disse...

Por acaso Leonel Neves era meu primo.

Hoje às 21 horas, dia de Lua Cheia (e com eclipse total...) vou ler um poema seu
em louvor da figueira!

Isto... debaixo duma figueira na Praia da Luz!

Bjsss

pinguim disse...

Continuas a mostrar-me o meu Portugal desconhecido.

Graça Pires disse...

Um belo poema de Leonel Neves, falando de lugares que já percorri.
Gostei muito.
Um beijo.

Lilá(s) disse...

Mas que maravilha! parece tão repousante! era mesmo o que eu estava precisando, um fim de semana num sitio assim...
Bjs

Petrus Monte Real disse...

A musicalidade do poema é impressionante!
Desconhecia o seu autor.
Grato pela partilha
Bjs

Luis Eme disse...

tantos cinco...

tantascoisas belas.

beijinho Isamar

Filoxera disse...

Tão lindo, este post!
Dá vontade de ficar...
Beijos, uma boa semana.

lua prateada disse...

Os faróis sorrindo...está maravilhoso...
Quão belas são nossas ilhas...
Bjito prateado
SOL

tecas disse...

Aoinda digo eu que conheço Portugal!!! Nunca mais faço semelhante afirmação. Espectaculares fotos e belissimo poema de Leonel Neves.
Bem haja querida, pela sua partilha. Adorei.
Bjito e uma flor

Zé Povinho disse...

O mar sempre presente por estas bandas, agora em fotografias e na palavra de poeta que não conhecia.
Abraço do Zé

Ana disse...

Só há pouco tempo as conheci. Gostei de as ver retratadas em poema e imagens !
Obrigada, Isamar *

Fragmentos Culturais disse...

Eu achei um encanto o friso de casas em tom azul vivo! Uma tonalidade muito especial que adoro!

Muito interessante o poema que descreve com sensibilidade a localidade!
Não sabia que era a ponta mais a sul de Portugal. Só conhecia Tavira...

Uma boa semana!
Um beijo fraterno