domingo, 27 de abril de 2008

Estou sem Palavras




As palavras
São como um cristal,
as palavras.
Algumas, um punhal,
um incêndio.



Outras,
orvalho apenas.
Secretas vêm, cheias de memória.
Inseguras navegam:
barcos ou beijos,
as águas estremecem.


Desamparadas, inocentes,
leves.
Tecidas são de luz
e são a noite.



E mesmo pálidas
verdes paraísos lembram ainda.
Quem as escuta? Quem
as recolhe, assim,
cruéis, desfeitas,
nas suas conchas puras?



Eugénio de Andrade





Conhecer alguém aqui e ali que pensa e sente como nós, e que embora distante, está perto em espírito, eis o que faz da Terra um jardim habitado.
(Goethe)














44 comentários:

J. Stocker disse...

Cara sofhiamar

Conhecer alguém aqui e ali que pensa e sente como nós, e que embora distante, está perto em espírito, eis o que faz da Terra um jardim habitado.
(Goethe)

Obrigado pela sua visita e comentário, já lhe respondi lá e deixei um pedido.

A sensação que tenho é a de que te conheço de longa data, que embora distante, estás perto! Será essa sençação provocada pelo chamamento do mar que ambos escutamos?

Um bom Domingo

Carminda Pinho disse...

Isabel,
e eu fiquei sem palavras, também.
Por isso...olha...deixo-te beijos e votos de que passes um óptimo domingo...a ver o mar.:)

Bjinhos

José António disse...

E para quê palavras, quando a imagem implora silêncio?

Maria disse...

Sempre que estiveres sem palavras podes dar-nos Eugénio de Andrade...
... e fotografias do mar....

Excelente post para hoje, em final de tarde muito quente.

Beijinhos

Jorge P.G Sineiro disse...

Excelente poema de um dos maiores dos nossos poetas!

A frase de Goethe, que era até um tipo meio complicado, revelam a maturidade de um homem inteligente.

Deixo-te o meu abraço, a par de desejos de uma óptima semana.

elvira carvalho disse...

Amiga já estava a ficar preocupada, com o silêncio.Espero e desejo, que esteja tudo bem e que tenha sido apenas os festejos do 25 de Abril e a princesinha que a tenham afastado do nosso convívio.
Uma boa semana
Um abraço

Graça Pires disse...

Mais um límpido poema de Eugénio de Andrade. Obrigada. Um beijo.

Sophiamar disse...

j.stocker

Foi a tua ligação ao mar que me levou a deixar comentário. Em boa hora o fiz. Obtive uma resposta muito simpática. Lutemos sempre por Abril. Conta comigo! Essa aurora continuará a nascer entre nós porque por ela lutaremos.

Beijo

Sophiamar disse...

Carminda, Amiga!

Obrigada por teres passado. Desejo-te um bom resto de Domingo com o mar à vista.

Beijinhos

Sophiamar disse...

José António

Estamos tão perto, amigo! Agradeço as palavras, apesar do pedido de silêncio.

Beijos

Vou linkar o teu blogue.

Sophiamar disse...

Maria

Às vezes , as palavras faltam-me mas a amizade por aqueles que estão linkados não diminuiu nem um bocadinho.

Eugénio de Andrade vem sempre a propósito.

Beijos

Sophiamar disse...

Jorge

Registo com muito gosto a tua passagem por aqui. Não tenho jeito nenhum para fazer poemas e, por isso, recorro aos maiores.
Uma forte constipação apanhou-me de surpresa. Nada que o mar não cure.

Quanto ao teu abraço retribuo com outro. Solidário, amigo!

Sophiamar disse...

Elvira

Agora sou eu que estou com dores.A prostração é logo a primeira a chegar. Espero que a febre não apareça. Uma forte constipação que o mar há-de curar.

Beijos.

Sophiamar disse...

Graça Pires

Tenho andado ausente do teu blogue mas os amigos não se esquecem. A prová-lo estás aqui no meu canto.
Bem-hajas!
Beijos.

gaivota disse...

eugénio de andradade, que excelente para este domingo!
estão lindas as minhas princesas...
já as derreti e fico-me,
sem mais palavras,
um dia, poderás entender!
beijinhos grandessssssssssssssss

Agulheta disse...

Amiga Sophia.
Agradeço a visita,e depois de 25 virá muitos e muitos sempre a pensar,que alguém aqui e agora sente as mesmas coisas e comunga ideias,pelos direitos,mesmo que olhes para o Mar e eu para as serras o mesmo espírito é de liberdade.
Beijinho e para a teu doçe pequenino Lisa

Sophiamar disse...

Gaivota, Amiga Linda!

Já estás com esses amores lindos que dão mais cor às nossas vidas. Estraga-os com mimos.

Mil beijinhos para todos vós.

Sophiamar disse...

Lisa

Não tens que agradecer a visita. Tu mereces muitas visitas.

E Viva a Liberdade!

Beijinhosss

SILÊNCIO CULPADO disse...

Sophiamar
Sou uma admiradora devota de Eugénio de Andrade e, logo, de quem também o admira.
Nós procuramos as mensagens que têm aderência com o nosso sentir.
Por isso eu sinto que sempre te conheci e que, quando caminho, e mesmo que distante, há aqui uma amiga.
Abraço-te

Sophiamar disse...

Silêncio Culpado

Acabei de passar pelo teu blogue onde deixei uma pequena mensagem por estar doente. Amanhã visitarei o Raul.
Para ti e para ele, deixo beijinhos.

Bem-hajas, Amiga!

C Valente disse...

Palavras sábias
saudações amigase boa semana de trabalho

avelaneiraflorida disse...

Querida Sophiamar,
e as palavras tudo trazem...tudo levam...tudo fazem sentir!!!!
Eugénio de Andrade soube bem usá-las para nos fazer sentir a sua POESIA!!!

Bjkas!!

Filoxera disse...

Eugénio de Andrade e a sua sensibilidade hão-de ser sempre uma boa companhia.
Beijos. Para ti e para a Maria.

Zé Povinho disse...

A terra é um jardim habitado sim senhor. Estive 3 dias a viver nesse jardim, em paz, rodeado pela natureza e pelos que me são mais próximos, e carreguei as baterias para a semana que se segue, porque vai ser dura.
Abraço do Zé

Espaço do João disse...

Querida Amiga.
Estou numa boa!!!
Bastou cheirar a ABRIL e, logo comecei na giraldinha. Algumas comemorações, foram visitadas. Não sei se sabes, sou autarca e, o meu dever foi cumprido. Não podia esquecer ABRIL, pois já não uso ferrete. Foi para as profundezas do Mindanau. Também já me sinto com estaleca para enfrentar o que der e vier. Recebe um forte abraço e, não te esqueças que não é necessário esperar para o próximo ano e, comemorar ABRIL. ABRIL é todos os dias, Respiremos esta Democracia mesmo pobre que seja. Antes uma pobre democracia que uma rica Ditadura. Um Beijo Democrático. João

anamarta disse...

Eugénio de Andrade um poeta que gosto muito! e um poema que nos deixa sem palavras!
Excelente post!
beijinhos e boa semana

amigona avó e a neta princesa disse...

E por isso nós sentimos que nos conhecemos há muito, não é? Mesmo que o abraço demore (um dia será, tenho a certeza!) e apesar de distantes sabemos que estamos tão perto!!! Osamigos são assim!
Beijo minha amiga...muitos...

Ana disse...

E para quê mais palavras, depois destas que nos trazes?
Adoro este poema de Eugénio de Andrade e há muito que o não lia.
Assim fizeste da Terra um jardim habitado...
Um beijo, amiga.

Carminda Pinho disse...

Isabel
Vim visitar-te antes de ir dormir e, fiquei a saber pelos comentários que estás pró constipadito.
Espero que a àgua do mar te cure mesmo.
Desejo-te uma boa semana.:)

Beijos

elvira carvalho disse...

Rápidas melhoras. Para quem está afonica, chá de casca de cebola com mel, costuma ser tiro e queda.
Uma boa semana.
Jinhos

Mário Relvas disse...

Saudações e um sorriso amigo

anamarta disse...

Bom dia
Passei por aqui para te desejar as melhoras dessa malvada constipação.
beijinhos

Sophiamar disse...

Cvalente

Agradeço a tua passagem por cá.
Bem hajas.
Beijos

Sophiamar disse...

Avelaneira Florida

As palavras, tão necessárias nas nossas vidas.

Beijinhos

Sophiamar disse...

Filoxera

Eugénio de Andrade é uma companhia indispensável.

Beijinhossss

Bem hajas!

Sophiamar disse...

Zé Povinho

Aproveitaste bem o fim de semana. É sempre bom dispor de algum tempo livre para carregar baterias.

Beijinhossss

Sophiamar disse...

João, Amigo!

Abril é, como dizes, todos os dias. Foi assim que aprendi em casa onde a consciência cívica me foi transmitida por um republicano convicto que nunca se acomodou em tempo de ditadura.

Beijinhosss

Sophiamar disse...

anamarta

Refugio-me em Eugénio de Andrade e outros grandes, quando não estou bem . Neste caso a gripe está forte.

Beijinhos

Sophiamar disse...

Amigona, Grande Amiga!

És das maiores amigas que aqui fiz na blogosfera. É em ti que encontro a alegria, a solidariedade, a tolerância, a calma quando estou faltada delas.

O abraço virá! Tenho a certeza.

Beijinhosssss

Bem hajas!

Sophiamar disse...

Ana

Tu fazes deste blogue um jardim habitado porque a tua presença é força, é amizade, é serenidade...
e eu preciso tanto delas.

Beijinhossss

Sophiamar disse...

Carminda
A água do mar há-de curar tudo.
Obrigada, amiga.
Beijinhossss

Sophiamar disse...

Elvira:

Obrigada, Amiga! Espero que tudo se recomponha até ao 1º de Maio.

Beijinhossss

Sophiamar disse...

Mário Relvas

Sê bem vindo!

Obrigada pela tua visita. Desculpa a minha ausência.

Beijinhossss

Sophiamar disse...

anamarta

Obrigada, amiga!Tudo se recomporá.

Bem-hajas!

Beijinhossss