segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Natal




Leio o teu nome
Na página da noite:
Menino Deus...
E fico a meditar
No milagre dobrado
De ser Deus e menino.
Em Deus não acredito.
Mas de ti como posso duvidar?
Todos os dias nascem
Meninos pobres em currais de gado.
Crianças que são ânsias alargadas
De horizontes pequenos,
Humanas alvoradas...
A divindade é o menos.

Miguel Torga

(S. Martinho de Anta, 24 de Dezembro de 1966)

29 comentários:

pinguim disse...

Torga nunca cansa; queremos mais...
Beijinhos.

elvira carvalho disse...

É mesmo que não sejam Deus, os meninos são sempre pequenos anjos que ainda não perderam as asas.
Um abraço

Tiago R Cardoso disse...

continuam por aqui enormes escolhas e momentos, excelente.

gaivota disse...

os meninos, isabel, as crianças e o natal...
anjinhos com asas que nos enchem o coração
este ano o teu natal é muito mais bonito!
beijinhos grandes
(regressei e já estou cheia de saudades das minhas princesas!
estava muito frio... mas havia o quentinho lá de casa...
terei que controlar e vigiar a tiróide, por enquanto, e deixar os nervos de parte)

C Valente disse...

Belissimo
Saudações amigas

Isa disse...

Obrigada pelo Carinho.Pela presença! Sabes...a 1ª pancada da Vida, eu recebo-a de frente,com garra e vou à luta! Depois,querida,
desabo,para me levantar outra vez.
Aconteceu com a minha Guida.
Acontece c/ os AMIGOS.
Um sorriso,um Abraço.
Beijoo.
Beijoo.
isa.

Vieira Calado disse...

Desejo-lhe um BOM NATAL.

Isa disse...

Antes de ir estar c/ a Guida (está lá a nossa irmã Kooka(=Teresa),volto aqui para dizer k o "nosso" Torga é GRANDE. Emociona-me sempre.Até logo.Espero vir + cedo. Ela já tomou um chá.
Beijoo.
Beijoo.
isa.

Eduardo Aleixo disse...

Lindas imagens. Bom Natal. Beijo. Eduardo

as-nunes disse...

Torga é um dos escritores portugueses que aprendi tardiamente a apreciar.
Cada dia que passa me identifico mais com a sua prosa e a sua poesia.
Além do mais vivo numa cidade que com ele conviveu pessoalmente e que já deliberou passar a comemorar o Dia de Torga em Leiria. Vai ser nos primeiros dias de Fevereiro de cada ano.
Faço anos em Fevereiro e uma das minhas ruas de Leiria, a Rua da Vitória, tem uma casa com a porta principal com um excerto dum dos seus Diários.
Feliz Natal a todos.
António

Pico minha ilha disse...

É todos os dias nascem meninos, que seria do mundo sem eles.Um beijo de boa noite.

heretico disse...

"Mas de ti como posso duvidar?
Todos os dias nascem
Meninos pobres em currais de gado"


belíssimo

beijos

SILÊNCIO CULPADO disse...

Sophiamar

Há quem tenha nascido com o dom de dizer. Torga chega fundo. A mensagem fica na emoção que desperta.


Não sei dizer como ele mas desejo-te um Natal com paz, amor e saúde e a alegria da família reunida.

Beijos

Ludo Rex disse...

Torga tinha razão, a divindade é o menos...
Kiss

Mar Arável disse...

Não fora os meninos nos currais

até o bafo dos animais

teria sentido

aflores disse...

Estou de Férias, mas isso não é sinónimo de "ausência". Nesta altura, gosto de fugir um pouco à rotina, agarrar-me ás coisas (recordações) boas da vida e, desejar que tenhamos todos a coragem de manter durante o ano todo o Espírito de Natal.
Sonho? E porque não?...afinal alguém disse um dia que "o sonho comanda a vida".
Minha querida amiga, do fundo meu coração agradeço e retribuo os votos de "Um Santo e Feliz Natal! Saúde, Paz, Pão, Alegria e muito Amor", hoje e sempre.

Grande e fraterno abraço.

Agulheta disse...

As crianças serão sempre os nossos anjos,e em palavras solidárias e de afecto te deixo um. Beijinho de amizade

São disse...

Grande, grande Miguel Torga!!

Para ti e quem desejares, deixo votos sinceros de Natal de harmonia , Festas de alegria e 2009 de saúde e paz!


Deus te acompanhe, sempre!

jo ra tone disse...

Isabel,
Excelente mensagem de Natal.
O Menino se fez pobre ao nascer num presépio.
Beijinho
Feliz Natal para todos

elvira carvalho disse...

Passei. Deixo um abraço, e um poema.
Desta vez inédito e meu. Oxalá goste.

FOLHA CAÍDA

Vês esta folha
pisada
suja de lama?

Repara nela
tão pequenina.

Folha de cigarro
que ninguém fumou

resto de vida
que ninguém quis.

Sabes tu
quantos pés
a pisaram?

Tem uma da, vês?

vinte e cinco
do último mês
que o ano tem.

Uma data
um nascimento
que
a ninguém importa.

Oh, Deus!
Que mundo
ingrato
cruel
que continua
a matar-te
sem piedade.

Um abraço

Victor disse...

Querida Sophiamar
Que bonitas partilhas natalícias. Ficamos sempre mais enriquecidos quando te visitamos.
Festas Felizes. Um beijinho.

Fa menor disse...

Para ti e tua família que o Senhor conceda um Santo Natal repleto de Amor e Alegria; e um Novo Ano de 2009 com muita Paz, Esperança e Amor.
Que Deus vos inunde sempre da Sua Graça e Luz!

Mil beijinhos

lagartinha disse...

Vim deixar uma beijoca muito grande, que as saudades já apertam!
Volto em breve, espero eu...mas a correr, não podia passar sem entrar...
Beijinhos do tamanho do mundo.

anamarta disse...

Isabel
Passei só para deixar um beijo

victor disse...

Muito bom trabalho. Feliz Natal para você. Abraços

Espaço do João disse...

Mas!! Torga não está sempre entre nós? Óh sophia, como gosto do teu espaço!!.Quando vejo um comentário teu já sei que tenho um belo texto.
Desejo-te bem como a toda a família um bom e óptimo Natal.

gaivota disse...

venho desejar uma boa noite e saber de ti!
quase em férias, ou um pouco menos de trabalho...
beijinhos grandesssssssssss

ASPÁSIA disse...

AMIGUITA

POR AQUI QUE MELHORES PRENDAS NOS PODIAS OFERTAR QUE ESTES DIAMANTES NATALÍCIOS DA POESIA DE MIGUEL TORGA?
VOU FAZER COM ELES UM COLAR DE PAZ, BELEZA, AMOR E AINDA ALGUMA CRENÇA NOS TEMPOS QUE VIRÃO!
NÃO CREIO QUE O MENINO JESUS VOLTE EM CARNE E OSSO, MAS SOU ADMIRADORA DAS SUAS PALAVRAS COMO HOMEM BOM E SOLIDÁRIO!

FORÇA, AMIGA! CONHECES ALGUÉM QUE NÃO TENHA EM ALTURAS DA VIDA, UMA CRUZ A CARREGAR? TAMBÉM EU POR AQUI NÃO ESTOU A VIVER DOS MELHORES NATAIS DA MINHA VIDA...

ABRACINHO APERTADO E BEIJINHOS SEM CONTA!

elvira carvalho disse...

Tem uma data, vês?
É só isto que está mal.


O mundo continua a matar sem piedade os inocentes - O Cristo.
Um abraço